Putz! Plantão Unificado de Tecnologia e Zoeira

O (provável) Papel do Futuro: E-paper

LG.Philips_LCD_E_E_Ink_Flex_Tablet_Display

Eletronic paper, e-ink ou e-paper, é uma tecnologia de display desenhada para imitar a aparência de um papel comum e gastar o mínimo de energia possível. A idéia é criar leitores de livros eletrônicos que não cansem os olhos e que funcionem por horas a fio sem retornos constantes a tomada para recarregar.

O papel comum reflete a luz natural para ser visível. Uma tela de LCD, O-LED ou CRT além de emitir sua própria luz ainda precisa atualizar a tela constantemente e gasta energia mantendo a imagem. O e-paper reflete a luz natural assim como o papel, mas com um contraste muito melhor do que aqueles LCDs de relógios e do seus games de mão antigos (economizando ao não usar a luz de fundo, o backlight, comum em LCDs), a sua imagem não precisa de ser atualizada constantemente (economizando energia e muito equipamento necessário para a tarefa) e ainda por cima simplesmente NÃO GASTA ENERGIA PARA MANTER A IMAGEM!!!! Enquanto você não mudar de página no livro, ele simplesmente não gastará energia com a tela! Só há gasto de energia ao mudar a tela, e a menos que você seja algum tipo de ciborgue/robô/gênio hollywoodiano, você vai passar mais tempo lendo a página do que virando ela, né. Agora, vamos ver qual é o princípio de funcionamento.

epaper

O tipo mais comumente usado em e-book readers e em alguns celulares econômicos é o Eletrophoretic Display. Ele forma imagens visíveis rearranjando partículas de pigmento carregadas eletricamente usando um campo elétrico. Sendo menos resumido, partículas de pigmento brancas e pretas de cargas elétricas diferentes de aproximadamente um micrômetro (milionésimo de metro) de diâmetro são dispersado em óleo tingido de preto entre duas placas condutivas paralelas com distância entre si de 10 a 100 micrômetros. Quando um campo elétrico é aplicado, as partículas irão migrar (o fenômeno “eletroforese”) para a placa com carga oposta a das partículas. Quando as partículas brancas estão na frente do display, ele ficará branco. Quando as partículas pretas estiverem na parte da frente, ele ficará preto. Dividindo o eletrodo em pequenos elementos uma imagem poderá ser formada aplicando a voltagem apropriada em cada região. Abaixo uma imagem de um e-paper ampliado onde é possível ver as “células” que formam cada pixel.

example_shperes

Como visto, o e-paper explicado é em preto e branco, mas existem versões coloridas também, assim como outras maneiras pouco diferentes e conseguir esse mesmo resultado.

kindle dx pilha

Você pode encontrar o e-paper no Amazon Kindle DX, o mais conhecido (por que não dizer bem sucedido) e-book reader no mercado. O Kindle DX já é a terceira geração do aparelhinho, que prima pelas qualidades mas assusta pelo preço.

Tem uma tela e-paper de 9,7 polegadas, com 16 escalas de cinza e resolução de 1200×824 pixels. O aparelho tem apenas 1/3 de polegada de espessura, lembrando que uma polegada são 2,54 cm. A memória é de 4 GB (3,3 GB livres), suficientes para aproximadamente 3500 livros digitais, que são baixados vai 3G (a Amazon paga a conta da transmissão de dados, nos EUA, claro). Bateria para 4 dias, 2 semanas com o 3G desligado.

bookstack-hero-01._V244132742_

Na parte do software, ele pode rotacionar a imagem para leitura horizontal, tem dicionário (em inglês), consegue ler PDF, TXT e MP3 (mais HTML, DOC, RTF, JPEG, GIF, PNG e BMP através de conversão) entre outros. Pode também variar o tamanho das letras em 6 níveis, marcar texto, converter texto em voz, etc.

Há coisa de 350 mil livros digitais a venda na Amazon, com grande maioria saindo a US$ 9,99. Também é possível assinar jornais e revistas e seguir blogs atravéz dele, assim como pesquisar na Wikipedia e Google através de um navegador web simples. Mas agora segurem-se que lá vem bomba: 489 doletas… lá nos EUA. Há também uma versão mais antiga e com tela menor, de 6 polegadas, o Kindle (sem o DX). Custa a quantia não-tão-salgada-mais-ainda-cara de US$ 299,00. Tem menos funções, mas nem tanto.

esquire2

Em outubro de 2008 a revista americana Esquire pôs uma tela e-paper na sua capa. Veja o vídeo abaixo, afinal, o século 21 começa agora.

Fontes: Wikipedia, Amazon.con, Google (!)

Anúncios

25/09/2009 - Posted by | Tecnologia

1 Comentário »

  1. Cara muito loko esse e-paper!texto muito interessante.

    Comentário por alex | 27/09/2009 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: